PEC 300
16/12/2009, 17:14
Filed under: Notícias

PEC 300: Pela melhoria salarial dos Policiais Militares

O líder da Minoria, deputado André de Paula (DEM/PE) proferiu, nesta quarta (16/12) discurso em prol da melhoria salarial dos Policiais Militares e dos Bombeiros militares de todo o país. No Plenário da Câmara, André juntou-se ao apelo dos policiais, em especial do estado de Pernambuco de quem tem recebido inúmeros manifestos, pela inclusão da PEC300, o quanto antes, na Ordem do Dia das votações da Câmara dos Deputados.

“Não é possível conviver com carência de recursos e desestímulo profissional” afirma André de Paula em defesa da categoria e da segurança pública. “Se não podemos socorrer a segurança pública de uma só vez, provendo recursos materiais necessários ao combate à violência, ao menos se atue para acolher, com dignidade, aqueles que, mesmo ante as dificuldades, desempenham com desvelo as suas atribuições”, explicou o deputado ao reconhecer que, embora haja esforço crescente para dotar as polícias militares de melhor infra-estrutura e equipá-la com instrumental tecnologicamente moderno, a carência material e obsolescência de seus equipamentos infelizmente vem acompanhada de uma política salarial que não condiz com os relevantes serviços prestados, numa carreira missionária de contínuo risco.

“A adequada remuneração das forças policiais e de bombeiros militares no Brasil deve ser diretriz da administração pública, especialmente, ante um quadro social em que a segurança é apontada como um dos maiores anseios da sociedade brasileira”, enfatizou André de Paula ao Presidente da Câmara e demais parlamentares ao apoiar e reconhecer o mérito da proposta (PEC300).

Leia discurso na íntegra!

Anúncios

1 Comentário so far
Deixe um comentário

André é bom que vc também lute pela melhoria dos salários dos policiais. Mas tente também lutar e pedir apoio p que Pernambuco tenha escolas integrais p todos os professores. Não é justo todos serem concursados, euns ganham melhor e outros a miséria que o estado paga.E não seria necessário seleção interna, pois se ocupamos a função de professor e somos concursados. Para que outro concurso. Já que a clientela é a mesma. O que mudará é o sal´´ario, que é um pouco mais justo, o que paga o estado p professores que trabalham nas escolas de tempo integral. Um abraço. Cely

Comentário por Cely Ribeiro Silva




Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s



%d blogueiros gostam disto: